Responsive Ad Slot

Corrida da Galinha

Corrida da Galinha

Vídeo: Entrevista excluisa de Reynaldo Gianecchini ao Fantástico

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

/ Por: Naldinho Oliveira
Em entrevista exclusiva ao Fantástico, exibida neste domingo (20), o ator Reynaldo Gianecchini fala sobre a luta contra o linfoma, um tipo de câncer que ataca as defesas do organismo. Ele comenta a morte recente do pai, vítima de um câncer, diz que passou por um tratamento espiritual e agradece o apoio dos fãs, que há mais de dez anos acompanham a carreira desse galã que conquistou o Brasil. Revela ainda que passará por um transplante em dezembro.

O ator conta que se sinte curado desde o primeiro dia. "É engraçado. Eu não jogo essa possibilidade de perder, embora tudo possa acontecer na vida, mas eu acredito muito na força da vida", afirmou o galã. "Quando você se depara com a questão da morte, e ela tão próxima, você começa a analisar o que tem de concreto, que é o presente. Viver intensamente aquele presente."

Em dezembro, ele será submetido a um autotransplante de medula óssea, que é feito para recuperar o sistema imunológico depois da quimioterapia. Primeiro, os médicos fazem uma biópsia da medula do paciente. Se ela não tiver células cancerígenas, uma porção é retirada e congelada.


Em uma segunda etapa, uma quimioterapia mais intensa destrói os tumores e todas as células de defesa do organismo. Os médicos então reimplantam a medula óssea retirada e o corpo volta a produzir células saudáveis.

O ator diz que teve a oportunidade de se despedir do pai, que morreu no dia 17 de outubro. “Eu tive uma despedida maravilhosa do meu pai. Teve um momento em que ele ficou inconsciente, porque ele teve que tomar morfina. Todo mundo foi descansar e eu falei que queria ficar com meu pai. Senti muita vontade de falar com ele, porque eu acredito que ele estava me ouvindo.” Gianecchini relata que chegou a cantar para o pai quando percebeu que as funções vitais dele começaram a cair e prometeu cuidar da família.

O galã lembra que os primeiros sintomas da doença se manifestaram em forma de alergia. Depois, apareceram gânglios na garganta, que foram examinados e indicaram o linfoma. O tratamento teve início dois meses após saber do câncer. E ele conta que procurou encarar com otimismo: “Beleza, ‘vambora’, vamos encarar”.

G1
Da redação TV SBUNA
Mais
© TV SBUNA de Comunicação
Todos os direitos reservados.