Responsive Ad Slot

Corrida da Galinha

Corrida da Galinha

Violência no campo é tema de reunião entre Doriel Barros e secretário de Defesa Social

terça-feira, 15 de fevereiro de 2022

/ Por: Naldinho Oliveira


O deputado estadual Doriel Barros tem reunião agendada, na tarde de hoje, com o secretário de Defesa Social do Estado, Humberto Freire, para obter informações sobre as providências que estão sendo tomadas para elucidar as causas do assassinato do menino Jonatas de Oliveira, de 9 anos, na última quinta-feira, no Sítio Roncardorzinho, em Barreiros. Devem participar também da reunião representantes da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado de Pernambuco (Fetape), da Comissão Pastoral da Terra (CPT), e da Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Olinda e Recife.

A  violência em comunidades rurais do estado, especialmente por questões agrárias, tem sido apresentada por Doriel Barros com frequência em seus pronunciamentos na Assembleia Legislativa de Pernambuco. Como presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária e Política Rural da Casa, ele, inclusive, já articulou reuniões, no ano passado, com autoridades do Executivo e do Judiciário, buscando a resolução de conflitos em diferentes áreas. Segundo o Fórum do Campo, são mais de 1500 famílias de seis municípios, somente da Mata Sul, que vivenciam situações de insegurança por causa da disputa da terra.

Com  o registro do assassinato dessa criança, que é filho de uma liderança da comunidade de uma área   em processo de desocupação, que pertence à massa falida da Usina Santo André, a questão da violência ganhou uma dimensão aterrorizante para as famílias rurais.

“Na sexta-feira, encaminhei ofício ao Ministério Público de Pernambuco e ao Governo do Estado solicitando providências para a identificação dos assassinos e proteção para as famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade nessa comunidade”, afirmou o parlamentar.

O CASO  – O pequeno Jonatas era filho de Geovane da Silva Santos, presidente da Associação dos Agricultores e Agricultoras  familiares do local. Ele foi morto por sete homens encapuzados e fortemente armados.

Os criminosos invadiram a casa deles, por volta das 21h, e efetuaram disparos contra Geovane, atingindo-o de raspão no ombro. Em seguida, assassinaram a criança, que se escondia embaixo da cama com a mãe.

Por todo esse histórico de medo e insegurança nas localidades rurais, o deputado Doriel Barros apresentou um Projeto de Lei (PL) que institui a Política de Segurança e Defesa no campo. O PL foi aprovado pela Alepe, na semana passada, e agora aguarda a sanção do governador Paulo Câmara. 

“Peço ao governador que possa sancioná-lo o mais rápido possível e que o mesmo seja colocado em prática.  Sabemos da urgência de ações preventivas e repressivas de segurança no meio rural. Não podemos esperar que novas mortes ocorram.  Não medirei esforços para que as famílias do campo possam viver e trabalhar em paz”, destaca o deputado.

Mais
© TV SBUNA de Comunicação
Todos os direitos reservados.