Responsive Ad Slot

Corrida da Galinha

Corrida da Galinha

Economia: Preço da ação do Facebook dispara no início dos negócios

sexta-feira, 18 de maio de 2012

/ Por: Naldinho Oliveira
Logo depois da abertura de capital na bolsa Nasdaq em Nova York, as ações do Facebook chegaram a se valorizar 13,16% e atingir os R$ 84,22 (US$ 41,71), dentro da faixa esperada que era de cerca de R$ 84,80 (US$ 42) após o início dos negócios.

A máxima do dia pelo papel até agora foi de R$ 86 (US$ 43), mas logo depois passaram a recuar e operavam a quase R$ 84 (US$ 41,70) por volta das 13h30 (de Brasília). Esse valor representa uma alta de 9,73% em relação ao preço inicial.

Até agora, houve 281,4 milhões de negociações envolvendo os papéis da empresa de Mark Zuckerberg.

A negociação dos papéis começou com atraso, mesmo após a Bolsa Nasdaq afirmar que tinha realizado quatro testes na semana passada para garantir que nenhum problema ocorresse com a negociação. A Bolsa ainda não explicou a razão do atraso.

Números da oferta
Ao todo, 484,4 milhões de ações estão à venda nesta sexta-feira (18) e grande parte dos papéis estão sendo arrematada pelos próprios funcionários da empresa.

De acordo com a imprensa internacional, a rede social criada pelo bilionário Mark Zuckerberg estipulou, num primeiro momento, que seus papéis custariam entre R$ 56 e R$ 70 (equivalente a US$ 28 e US$ 35) por papel.

Nesse caso, o valor de mercado da empresa varia entre R$ 140 bilhões e R$ 175 bilhões (equivalente a US$ 70 bi e US$ 87,5 bilhões), mostram documentos da bolsa.

No entanto, a procura dos investidores pelas ações da rede social foi tamanha que os executivos do Facebook resolveram ampliar esse valor para os atuais US$ 38 (R$ 76).

Com isso, a rede social espera levantar US$ 18,4 bilhões (R$ 36,9 bilhões) nesta sexta-feira — o segundo maior valor da história para uma empresa na abertura de capital, atrás apenas da Visa, que em 2008 levantou US$ 19,65 bilhões (R$ 39,4 bilhões).

Com esse aporte, o valor de mercado do Facebook chegará a US$ 104 bilhões (R$ 208,6 bilhões) — o maior valor da história para uma empresa americana na entrada na bolsa.

Entenda a rede

O Facebook se tornou um dos mais populares destinos na internet, desafiando empresas estabelecidas como Google e Yahoo! na disputa pelo tempo dos usuários e verbas dos anunciantes.

Com valor de mercado estimado de US$ 104 bilhões, depois do preço da ação ser fixado em US$ 38 (R$ 76), a empresa criada por Zuckerberg em um quarto de alojamento da Universidade de Harvard valeria duas vezes mais que a HP (Hewlett-Packard).

Do R7
Mais
© TV SBUNA de Comunicação
Todos os direitos reservados.