Responsive Ad Slot

Corrida da Galinha

Corrida da Galinha

Com Moro na disputa, quem mais perde Bolsonaro ou Lula?

sexta-feira, 12 de novembro de 2021

/ Por: Naldinho Oliveira


Após confirmação de uma possível candidatura do ex-juiz, ex-ministro Sérgio Moro, que se filou ao Podemos, abre-se uma discussão de qual dos adversários poderá perder mais, Jair Bolsonaro ou Lula?


Na verdade se saber que a ala conservadora e até uma parte do centrão poderá ser atraído pelo ex-juiz, sendo assim quem pode mais perder é Bolsonaro, pois foi quem entrou na onda do Moro Super Herói da Lava-jato, se tornando membro do alto escalão do governo, sendo ministro da justiça. Mas não durou muito, quando Jair perdeu o controle sobre a pasta, acabou havendo mal está em ambas as partes, e logo a frente o fim do casamento. 


Por outro lado, dificilmente alguém que defenda o projeto do Lula deverá votar no Moro, pois foi um dos principais personagens das acusações e com o passar dos processos a prisão do ex-presidente. No entanto, mensagens do Telegram vazadas da lava-jato fez o país discutir sobre a parcialidade do ex-juiz e membros importantes da operação de Curitiba, tendo até a saída do procurador do famoso Powerpoint, Deltan Dallagnol. Após liberdade, por abertura em segunda instância, Lula esperou e viu seus processos caindo um a um, até que Moro passou a ser considerado pelo Supremo Tribunal Federal como juiz parcial, sendo assim as acusações contra Lula voltou a estaca zero e muitos deles anulados, ou seja, mesmo com prisão sem segunda instância volte a valer, o pré-candidato do PT não poderá mais ser preso.

Recentemente quando Moro apontou a voltar ao Brasil, Bolsonaro mudou de ideia e decidiu depor presencialmente a Polícia Federal sobre o inquerito que investiga suposta interferência do presidente na PF, Jair foi e expor sua acusações sobre hoje seu adversário na disputa do planalto. 


Na pesquisa divulgada Genial/Quaest divulgada nesta quarta-feira (10) já mostrou Lula mais forte com 48%, Bolsonaro caindo com 21%, seguidos de  Sérgio Moro com 8%, Ciro que pela primeira vez aparece em terceiro com 6%, João Doria com 2% e Rodrigo Pacheco com 1%.

Um momento que será bem aguardado, será um debate entres essas três principais cabeças, que deverão discutir vários assuntos que foram fatos durantes os últimos anos, algo que deverá ser bem acalorado. 

O cenário mostra a pulverização da eleições de 22, sendo assim teríamos um cenário de muitos candidatos, um vice poderá trazer mais consistência às candidatura, como é o caso Lula, que deve procurar um vice a altura do saudoso José Alencar, como uma também aliança histórica com PSDB com o PSB sendendo a vaga. Se respira um segundo turno que deverá mostrar um nova eleição, digamos que entre Lula e Bolsonaro, será um todos contra 1? 

Mais
© TV SBUNA de Comunicação
Todos os direitos reservados.