Responsive Ad Slot

Corrida da Galinha

Corrida da Galinha

Fuga do Nordeste para outras regiões diminui 22% em 5 anos

sexta-feira, 15 de julho de 2011

/ Por: TV SBUNA
A população do Nordeste está deixando menos seus Estados de origem em busca de vida nova em outras regiões do Brasil, revela pesquisa divulgada nesta sexta-feira (15) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Mesmo assim, ainda há mais pessoas saindo do que chegando ao Nordeste. Somente as regiões Sul e Centro-Oeste o fenômeno é inverso.

Outro dado importante sobre a região é que os nordestinos lideram o fluxo migratório de volta para suas cidades de origem. Os pesquisadores batizaram o fenômeno de “migração de retorno”. Entre 1999 e 2004, os Estados em que isso mais aconteceu foram Maranhão, Piauí, Pernambuco e Bahia.
Ainda segundo dados do estudo Deslocamentos Populacionais, as mudanças regionais vêm caindo em todo o Brasil há, pelo menos, 15 anos. Entre 1995 e 2000, 3 milhões de pessoas mudaram de região; entre 1999 e 2004 foram 2,8 milhões – 800 mil pessoas a mais que os 2 milhões que fizeram isso entre 2004 e 2009.
No Nordeste, 934.589 pessoas buscaram vida melhor em outra região em 2004, enquanto o mesmo aconteceu com 729.602 pessoas em 2009, queda de 22%. Mesmo assim, mais gente sai do que chega. No mesmo período, o “saldo migratório” da região ficou negativo em 187.869 pessoas, seguido pelo Norte (-35.159) e Sudeste (-12.415).
As únicas regiões que receberam mais gente do que perderam foram o Sul e o Centro-Oeste. O primeiro registrou aumento de 98.853 pessoas em 2009, enquanto o segundo viu seu saldo ficar positivo em 136.590 pessoas.
Sudeste

 De acordo com os analistas da pesquisa, o que chama a atenção é a diminuição da capacidade de atração populacional do Sudeste, “a qual apresentou saldo negativo tanto em 2004 como 2009”.
“Mesmo que não se admita vislumbrar o Sudeste como uma região perdedora de população, podemos ter a certeza de que a capacidade de atração dessa região reduziu-se bastante, enquanto o Nordeste continua perdendo população, porém em uma escala bem menor do que no passado”.
Em 2009, 656.386 pessoas chegaram à região, enquanto 668.801 foram embora.
R7
Da redação TV SBUNA
Mais
© TV SBUNA de Comunicação
Todos os direitos reservados.